Papo Antenado

Papo Antenado com Paula Laffront

------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Entrevista com a Paula Laffront,  personal shopper nos Estados Unidos, expert em enxoval de bebê e  está grávida de 33 semanas.

foto1

Para a alegria das gravidinhas de plantão aqui no blog, a Paula vai contar como está sendo sua gestação e dar dicas incríveis para quem planeja fazer o enxoval  fora do país. Vamos ler?

1 – Como foi descobrir que pela 2° vez que você está grávida? Você e seu marido estavam planejando o 2° filho?

Hum… foi uma loucura. Na verdade eu engravidei sem querer no ano passado e infelizmente eu perdi com 8 semanas. Não estávamos planejando um segundo filho, na verdade eu estava me esquivando disso a 10 anos. Como meu marido é Italiano, para ele ter um filho só era loucura e desde que a Dani nasceu ele me enchia a paciência para um segundo que eu sempre evitei. Nunca achei que tivesse tempo, dinheiro e paciência para um segundo filho, principalmente quando morávamos em São Paulo. Mas… assim que engravidei ( no ano passado) a minha primeira reação foi de pânico total. Felizmente minha melhor amiga estava aqui comigo e me ajudou a digerir a idéia. Na época ela e minha irmã estavam gravidas também… e comecei a curtir a idéia. Meu marido amou. Foi pego de surpresa também, mas amou. Mas infelizmente perdemos. Da forma que veio foi e eu fiquei em choque novamente. E com uma idéia na cabeça… Eu tinha que engravidar novamente. Depois da espera para sair naturalmente e da curetagem que tive obrigatoriamente que fazer, fui conversar com o marido que super racional tremeu na base de encarar o fato: vamos fazer um filho. Mas eu estava determinada e como uma boa geminiana, mesmo ele tendo suas ressalvas quanto a engravidar novamente, não tive dúvidas, e comecei as tentativas… Essa fase de tentativas é engraçada e meio angustiante né? Mas felizmente logo no primeiro mês, bum! Estava grávida de novo e aqui estou de 33 semanas esperando enlouquecidamente pelo Antonio chegar.

2 – E a Dani, sua filha mais velha, como reagiu? Ela está com ciúmes? Vocês conversam muito sobre o irmãozinho com ela?

foto2

Ela sempre pediu um irmão ou irmã… Era um complô aqui em casa desde sempre. Marido e filha querendo um bebê e eu não. Mas, assim que rolou ela começou a demonstrar muito o ciúmes… Na verdade ela está ignorando minha gravidez e tudo o que diz respeito ao bebê ela está meio “uhnnn whatever!” Na verdade ela está assim para tudo, pré adolescente é duroooooo. Estamos tentando incluir ela em várias coisas mas não rola. Um por exemplo não tenho foto dela abraçadinha com a barriga e quando pedi para ela tirar uma foto comigo para mandar para vocês eu tive que ouvir… “Você não pode fingir que não tem uma filha mais velha?”

Na prática por exemplo tive que decorar o quarto dela e fazer um total makeover antes de começar o do Antonio… E quase todas as vezes que chego com alguma coisa muito legal para ele, trago uma para ela também.. Enfim, tudo para dizer a ela que ela não está sendo substituida e etc..

Em compensação, quando falamos do parto ela quer assistir, participar e cortar o umbigo..

3 – O nome Antonio é lindo, quem escolheu? A Dani ajudou na escolha?

Na verdade o nome já estava escolhido a 10 anos quando engravidei da Danoca. Ela iria se chamar Antonio que era o nome do meu pai.

4 – Vejo pelas que você está bem fisicamente, uma grávida linda. Quais os cuidados você esta tendo para manter a boa forma? Você engordou até agora o desejado ou passou um pouquinho?
foto3

Na verdade não tenho cuidados nenhum… sou preguiçosa e só de andar até o carro já estou cansada. Nunca fui de fazer exercícios e por mais que eu tivesse vontade e planejado, não consegui entrar nas classes de yoga para grávidas. Acho que marquei de ir uns 30 vezes e nada… rs com a rotina atribulada que eu estava até o mês passado também estava difícil arrumar tempo, mas ânimo foi o que mais me faltou. Não sou desse tipo e começar na gravidez é mais complicado ainda. Quanto ao peso, foram 6 quilos até agora, o que acho ótimo, mas deixa a minha médica americana louquinha…. Aqui o padrão é engordar no mínimo 12 quilos ( e não 9 como no Brasil) então com 8 meses ter engordado metade do mínimo deles você já pode imaginar como ela está no meu pé. Mas não rola…. comendo saudável é impossível engordar. Sem contar que no começo emagreci por causa dos enjoos, logo… Na primeira gestação também foi igual, engordei 7 ao total.

5 – Sobre as famosas estrias e manchas na pele… Você está usando cremes específicos? Quais?

foto4

Ai nem me fala delas (manchas na pele). Como sou branquela, com sardas e moro numa cidade onde o sol é profissional, manchas na pele são o meu maior temor, mesmo sem estar grávida. Logo, passo protetor solar obrigatoriamente todo santo dia. Já para estrias, estou meio preguiçosa… nunca fui fã de hidratamte, mas as vezes uso o da Mustela. Fiz um post no blog falando exatamente disso, olha só… http://www.paulalaffront.com/2014/04/21/enquanto-antonio-nao-vem-3-cremes-e-mais-cremes/

6 – Eu vi as fotos do chá do Antonio no seu blog e achei lindo, moderno e divertido. Como foram os preparativos, você teve ajuda das suas amigas, da sua mãe ou fez tudo sozinha? Alguma dica de loja para comprar coisas para chá de bebê em Miami?

foto5

foto6
Sim, tive a ajuda de uma amiga. Não estava querendo fazer a princípio mas ela me convenceu. Foi uma delícia fazer tudo, decorar, preparar a comida e etc. Fizemos 100% tudo, nada de comprar coisas prontas… Comprei as coisas na Michaels, Amazon e Staples. Mas como eu disse, foi quase tudo handmade.. Acho que só os pompons foram comprados prontos. Contei em detalhes no blog também… http://www.paulalaffront.com/2014/07/01/enquanto-antonio-nao-vem-8-cha-de-bebe/ 

E neste outro post mostrei várias fotos de inspiração e a lista de presentes…

Minha maior preocupação foi não usar muitos descartáveis e coisas que iriam para o lixo logo depois e o que foi inevitável, foi direto para reciclagem. Para isso, usei e abusei das porcelanas, bowls e vidros que já tinha em casa para servir e dispor tudo. Festas em geral geram muito lixo e é nosso dever se preocupar coisa essas coisas.

7 – Como Personal Shopper e fazendo muitos enxovais, inclusive de famosos, você teve alguma dificuldade para fazer especialmente para o Antonio?

Só a procrastinação mesmo…rs Demorei muito tempo para para começar de fato a comprar as coisas. Na verdade comprei tudo neste último mês. Já sabia tudo o que queria, não foi difícil escolher, foi bem tranquilo…. E muita coisa estou comprando de marcas distintas como os cosméticos naturais para testar mesmo. E, resistir a alguma tentações fúteis também foi difícil. Comprei duas estampas para o carrinho por exemplo..rs Quando meus clientes me contratam uma das minhas maiores preocupações é não deixa-los comprar bobagens, focando sempre no que é realmente importante e principalmente mantê-los dentro do orçamento. Como eu não tinha um orçamento definido, comprei tudo o que tinha vontade. Lógico que supérfluos não entraram nas minhas compras, mas não resisti a alguns luxinhos que as vezes convenço os clientes de não comprarem por causa do orçamento…rs

Leia mais:  PAPO ANTENADO COM A BRANCA DA LOJA MIMOO TOYS'N DOLLS

8 – Sei que você é muito profissional com seus clientes, sempre indica as melhores lojas com os melhores preços e produtos, inclusive consegue uns cupons de descontos que desacredito (rs rs), para quem faz o trabalho com você aí nos Estados Unidos. Você pode indicar para as leitoras do blog Grávidas e Antenadas algumas lojas e nos passar algumas dicas?

Olha, quando fazemos a consultoria, antes de mais nada estudamos bem o perfil do cliente e fazemos as compras de acordo com esse perfil e de acordo com o orçamento. Então como essa indicação é super pessoal, vou te falar mais das lojas que comprei as coisas para o Antônio, ok?

Para os utensílios comprei na buybuybaby (onde fiz a lista do chá) e na Genius Jones. E foi nesta última que comprei também o grosso, como carrinho, car seat, bouncer, berço e alguns itens de decoração.

Para as roupinhas o grosso foi comprado na Gap, pois eu amo o algodão de la e tem um estilo mais clean. Uma coisa ou outra comprei na Carters, mas quase nada, porque para ser sincera não amo esta loja. Ela é a mais barata sim e o melhor custo benefício, mas não gosto do estilo. E, uma peça ou outra da Polo, Catimini (que eu amoooooo mas é cara) e Jcrew. Como só comprei as roupas para os primeiros 6 meses, nõa fiz uma compra grande de coisas de passeio e coisas mais fofinhas.. Vou deixar isso para comprar depois e aos poucos.

Semana que vem sai um post no meu blog falando os meus itens preferidos que escolhi para o enxoval do Antonio. Falei de cada um deles, então se vocês quiserem saber exatamente quais produtos comprei, vale a pena dar uma conferida.

9 – Para você que é “expert” no assunto de enxoval para bebê. Você pode falar os produtos que estão sendo os preferidos das brasileiras em 2014?

Para o carrinho 99% dos meus clientes que fazem test drive, optam por um Bugaboo quando comparam com as outras marcas, isso é até engraçado. Mas é difícil mesmo bater a qualidade e a praticidade desta marca.

E, cada vez mais temos procura por produtos orgânicos e mais naturais na sessão dos cosméticos e como amamos este departamento e somos defensoras da causa, temos muita sinformações para passar neste setor.

Os produtos que são mais duráveis como o bouncer da Nuna que pode ser usada até por uma criança grande, também atrai bastante os nossos clientes mais concientes.

E, os itens que priorizam a amamentação no peito, também convencem nossos clientes quando indicamos. Somos super ativistas da amamentação, então temos vários produtos para ajudar nesse departamento e as mães adoram!

10 – Agora vamos falar sobre parto, um assunto que todas as grávidinhas querem saber, e você como brasileira que vive nos Estados Unidos pode falar muito bem a diferença de um pais para o outro. Nos países de 1° mundo, assim como nos Estados Unidos, as grávidas junto com seu obstetra fazem um Plano de Parto, e é muito claro que a maioria das gestantes querem ter um parto humanizado, bem diferente do Brasil, que os médicos que comandam a situação e na maioria das vezes o parto acaba com hora marcada.

Quero saber de você, que teve a Dani no Brasil e vai ter o Antonio nos Estados Unidos, você também fez um plano de parto? E tem preferência por um parto humanizado?

Não só aqui, mas como na Europa, o parto sempre é humanizado, o que significa que as vontades da mãe são sempre levadas em conta e onde ela é a protagonista e não o médico. As cesáreas aqui só acontecem por real indicação médica e estão abaixo dos 14% recomendados como limite pela OMS, muito diferente da triste situação brasileira que chega a bater uma taxa record e vergonhosa no setor privado de quase 90%.

Parto vaginal aqui é o normal. Aqui e em qualquer país de primeiro mundo, isso porque a cesárea não é banalizada,  e é encarada como uma cirurgia de grande porte (que é) e porque as mulheres buscam informação. E, quando a gestante se informa é praticamente impossível ela optar por uma cesárea eletiva. Os médicos não impõem a cultura do medo nem inventam motivos falsos para induzir uma cesárea, como o famoso mito do cordão enrolado no pescoço.

Logo, as taxas de mortalidade materna e do bebês também são muito menores que no Brasil, mas isso é um assunto longo e se quiserem saber mais e ainda com detalhes como foi meu parto no Brasil e como está sendo planejado o parto do Antonio, fiz um belo texto comparando as duas experiências.

E o parto vaginal, pode ser normal ou natural. O normal normalmente é no hospital e conta com algumas intervenções médicas e normalmente com analgesia. O natural, pelo qual optei, não tem intervenções médicas e nem analgesia. Normalmente também é feito em casa ou em casas de parto, raramente em hospitais. E assim que Antonio virá ao mundo. Naturalmente, sem intervenções médicas, sem anestesia e nenhuma outra droga para dor e na água.

A Dani, mesmo nascendo no Brasil, veio ao mundo através de um parto normal, no hospital e com anestesia. Antonio virá ao mundo de uma forma mais “natureba” e estou muito feliz em poder proporcionar a ele um nascimento bem suave e nada traumático com bastante facilidade, afinal se estivesse no Brasil, isto seria um “tantinho” mais difícil pois teria que ir contra o sistema.

Aqui vocês podem ler mais sobre as dua experiências que tive tão diferentes… http://www.paulalaffront.com/2014/07/09/enquanto-antonio-nao-vem-9-o-parto

Linda e com bastante informação legal a entrevista né meninas?

E o link www.paulalaffront.com para vocês acompanharem o blog dela também!

Paula muito obrigada pela entrevista e boa hora, que o Antonio venha com muitaaa saúde.

bjs, bjs

Cuidados com bebê recém-nascido


------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Estilista, empreendedora e mãe de 2 crianças lindas, idealizei o blog em 2013 quando senti dificuldades de informações e temas variados em um único site. Hoje o blog virou revista, interagindo com a movimentação de informações e dicas pesquisadas com carinho para passar para minhas seguidoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *