Sem categoria

Quais os maiores medos de uma mãe e de um pai?

------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Por mais que se prepare, faça curso de gestante e leia tudo o que estiver a seu alcance, toda mamãe e todo papai sempre se deparam com alguns medos relacionados ao bebê. As dúvidas começam assim que a família chega da maternidade. É normal que seja assim, mesmo que o casal não seja mais “marinheiro de primeira viagem”, porque ter um bebê em casa é sempre uma experiência única.

E você com certeza tem algum medo, medo do seu bebê engasgar, medo do seu bebê afogar, entre outros medos. Veja agora os medos mais comuns dos pais em relação os seus filhos.

medos dos pais

Foto: captured by Carrie

O que fazer se o bebê engasgar?

Bebês nascidos após 37 semanas de gestação ou mais são plenamente capazes de mamar e respirar ao mesmo tempo. Já os prematuros, especialmente aqueles que nasceram antes de 34 semanas de gestação, ainda têm o centro respiratório (localizado no sistema nervoso) imaturo e, de fato, vão demorar mais tempo para exercer esta função. É uma questão de prática, portanto, até que o bebê aprenda a coordenar os movimentos de sugar, deglutir e respirar. Quando ocorrer o engasgo o ideal é apoiar o bebê pelo peito, deixando-o na posição de bruços, para facilitar a saída do leite que, em vez de ser deglutido, desviou-se para as vias respiratórias.

E se o bebê cair?

A partir do quarto ou quinto mês, a criança já é capaz de se virar sozinha. Aquela segurança de deixá-la sobre o trocador ou a cama do casal para vesti-la, trocar sua fralda ou enxugá-la depois do banho deve ceder lugar à total vigilância. Caso venha a cair, o indicado é colocar gelo imediatamente na parte do corpo que bateu no chão. “É muito comum que as quedas aconteçam perto da hora de dormir, quando a criança já está cansada e menos atenta. A ideia de que a criança não pode dormir depois de um tombo não se justifica”, explica Dr. Francisco. No entanto, há sinais de alerta associados a quedas que devem ser observados: a criança fica pálida, prostrada, com sonolência exagerada. Neste caso, procure o pronto socorro rapidamente.

O bebê engoliu um objeto. E agora?

A partir dos sete a nove meses, o bebê desenvolve o chamado movimento de pinça, sendo capaz de pegar pequenos objetos com o polegar e o indicador. O importante é deixar objetos pequenos fora do alcance dos bebês. Se perceber que a criança engoliu algo perigoso (agulha, alfinete, palito etc.), procure um pronto socorro rapidamente.

Leia mais:  Enxoval de bebê Xique Xique

Síndrome da morte súbita

A morte súbita também conhecida com a ”morte do berço”, é nada mais que a morte inesperada de um bebê saudável. Quando nem os médicos nem a autópsia conseguem explicar a causa da morte. Ocorre normalmente em bebês com idade inferior a um ano, sendo excluído o período neonatal. Atinge especialmente bebês de 1 a 2 meses e sua incidência é maior durante o sono.

E esse é um dos medos mais comuns, no entanto os pais equipam o quarto do bebê com câmeras e ou babás eletrônicas de última geração, acabam também compartilhando a cama ou muitas vezes nem dormem direito. Se esse é seu caso, você não está sozinha!

Medo do bebê se afogar

Uma das minhas aflições era com a piscina, principalmente quando a Madú começou a engatinhar, e descobri que eu não era a única mãe com medo de afogamento, na verdade não era só a piscina que me dava medo, mas o vaso sanitário também, os banheiros de casa ficam fechados o tempo todo. Mas existem outros perigos, por exemplo balde com água na lavanderia é super comum e um “puta” perigo, praia, banheira e piscina de plástico. Todas essas atividades precisam de um adulto de olho.

Escadas

As escadas são perigosas e ponto. Nem consigo descrever o que pode acontecer com uma criança em uma escada. Em casa temos um portalzinho, você pode colocar uma porta de madeira e pintar com uma cor diferente por exemplo.

portaodeprotecao

Se a escada só tem corrimão, que tal colocar  vidro em volta? Mas o melhor mesmo, é deixar seu filho longe da escada.

Queda e altura

Se você mora em apartamento, precisa tomar muito cuidado. Um dos maiores medos chama-se altura! Não conheço nenhuma família que tenha filhos e more em sobrados, apartamentos ou casa (com altura), que não tenha redes protetoras. Se você mora em um lugar que tenha uma pequena altura se quer, providencie uma rede ou grade urgente, não confie nas crianças, elas são terríveis. Acredite!

rededeprotecao

Quero também saber do seu medo, vamos compartilhar com outros pais?

Fonte: Maternidade Pró Matre 

Texto final: Patrícia Azevedo

Cuidados com bebê recém-nascido


------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Estilista, empreendedora e mãe de 2 crianças lindas, idealizei o blog em 2013 quando senti dificuldades de informações e temas variados em um único site. Hoje o blog virou revista, interagindo com a movimentação de informações e dicas pesquisadas com carinho para passar para minhas seguidoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *