Sem categoria

10 coisas que não se deve dizer a uma mãe que não amamentou

------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

10 coisas que não devem ser ditas a uma mãe que não amamentou

Foto: Pinterest

O processo de amamentação é delicado e difícil, principalmente nos primeiros dias que você está se recuperando do parto, seu útero está voltando ao normal e ainda está acontecendo o lóquios (sangramento pós parto).  Muitas mulheres desistem de amamentar logo nesse período, não suportam essa fase que geralmente dói (e nossas campanhas do Aleitamento Materno, são para incentivar essas mulheres).

Procuramos informar que essa é uma fase normal e que embora seja difícil, quando passa se torna prazerosa.

Por diversos motivos, algumas mulheres não vivenciam a experiência do aleitamento materno. Agora tem outras mães que de fato não conseguem amamentar seus filhos e eu entendo perfeitamente essa “tal” dificuldade, porque passei por isso com meu primeiro filho.

Não consegui amamentar o Caio – meu filho mais velho de onze anos, na época, nem foi por falta de informação, porque eu era acompanhada por um ótima pediatra, mas infelizmente meu leite secou de uma hora para outra, do nada e sem eu saber o porque. O Caio tinha apenas 3 meses, embora eu tenha tentado de tudo e até tomava e comia tudo que me falavam, nada adiantou. Fiquei muito frustada na época e consigo entender as mães que não conseguem amamentar.

Graças á Deus consegui amamentar minha filha mais nova a Madú, hoje com dois anos e nove meses. Amamentei Madú até os onze meses e mesmo com toda dificuldade no início, dor, rachaduras nas mamas e tal, segui em frente.

Bom, mas voltando na minha experiência com o pouco tempo de amamentação do Caio, escutava algumas frases que me não me sentia confortável e ficava até sem graça. Infelizmente a sociedade julga muita as pessoas, mesmo sem saber os motivos, o julgamento está presente em todas as idades, raças e classe social.

Penso que muitas mães que não conseguem e/ou não conseguiram amamentar passam por tal constrangimento, então resolvi pesquisar sobre o assunto e fazer esse post das  10 coisas que não se deve dizer a uma mãe que não amamentou. Continue lendo…

bebedormindo

Foto: Pinterest

1. Você não amamentou porque teve preguiça.

Oi? Escutei bem? Sim, com certeza… uma mãe não amamenta o ser mais especial da sua vida, porque tem preguiça. Essa escutava sempre!

Tirar conclusões precipitadas e julgar outra mãe sem saber pelo que ela está passando não é correto. Na maioria das vezes, as mulheres que não conseguiram amamentar sentem-se culpadas e ficam chateadas com a situação (Eu). Dizer isso só piorará o quadro, pois cada mãe sabe dos obstáculos que enfrentou para que o aleitamento materno desse certo.

2. Faltou força de vontade da sua parte!

Sim faltou! Com certeza alem da preguiça, não tinha força de vontade. Pelo amor né? Não se diz isso nem para sua pior inimiga. Jesus!

Tenho certeza, que uma mulher bem informada dos benefícios da amamentação, que tenha amor pelo seu bebê, não vai deixar de amamentar por falta de vontade.

Sorry, mas quase dei na cara de uma senhora que me falou isso na época.

3. Você não tentou o suficiente. Humm será? 

Diferente do que algumas pessoas pensam, existem mães que recorrem a todo tipo de ajuda antes de aderir às formulas, como ser acompanhada por uma enfermeira para verificar se a pega está correta, consultar médicos para identificar o problema, fazer relactação… Infelizmente, apesar de buscarem apoio e seguirem as recomendações – entre elas a de beber muito líquido, ter uma alimentação saudável, manter-se tranquila, não é sempre que a amamentação é bem sucedida. Então, se você não sabe o que aquela mãe passou, não julgue!

Leia mais:  20 Primeiros Sintomas da Gravidez

4. Você não amamentou por vaidade?

Essa frase é a mais comum e antiga. De fato existem mulheres que pensam mais no seu próprio corpo do que nos benefícios do bebê, mas não são todas e é essa mãe que procuramos informar nas Campanhas de Aleitamento Materno que apoiamos.

5. Você não conseguiu amamentar porque o seu leite é fraco!

Esse é um dos maiores mitos que envolvem o aleitamento materno. Por isso, nunca é demais informar que todas as lactantes produzem a quantidade e a qualidade necessária de leite para alimentar e suprir as carências nutricionais do bebê. Se a amamentação não deu certo, muitos fatores podem estar envolvidos, mas nunca a justificativa será um “leite fraco“. Cuidado para não dizer coisas sem qualquer fundamento e que ainda podem magoar essa mãe.

6. Toda mulher consegue, só você que não?

Existem casos e casos, e é triste escutar este tipo de coisa quando você fez de tudo, mas por algum problema ou até mesmo uma doença, não conseguiu seguir com amamentação. Lastimável!

7. Você não terá uma ligação tão forte com o seu filho.

Essa é uma das frases que mais incomodam as mães. É claro que a amamentação é um momento muito especial, que une a mãe e o bebê, mas essa não é a única maneira de estabelecer uma boa relação com o pequeno. Esse vínculo é construído com muito carinho, respeito e paciência nas diversas atividades do dia a dia. Como declarou Fernanda Gentil: “o amor que bate no peito, bate também na mamadeira”.

8. Coitado do seu filho, vai viver doente.

Não, não vai! Existem bancos de leite humano, existem ótimas fórmulas infantis e existem ótimos profissionais que orientam as mulheres que não conseguem amamentar. Até mesmo na saúde pública, você consegue as orientações precisas para manter seu bebê saudável.

Atenção: Se seu bebê fica doentinho com frequência, faça um acompanhamento com o pediatra. Só um médico pode dar o diagnóstico de cada caso.

9. A lata de leite é muito mais fácil.

A pessoa que diz isso, com certeza não sabe o quanto custa uma lata de leite (fórmula), alem de não entender os benefícios que o aleitamento materno trás, não sabe que amamentar é mil vezes mais fácil e otimiza cinco vezes mais o tempo de uma mãe.

10.Você não é uma boa mãe porque não amamentou.

Ninguém tem o direito de falar esse tipo de frase para uma mãe. Não ter amamentado não define a dedicação e a entrega que uma mulher tem por um filho, não determina a educação e a forma como ela pretende criar o pequeno. Não há nada mais maldoso, que prejudique tanto o lado emocional de uma mãe que comentários como esse. Respeite as diferenças!

Gostaríamos de destacar a importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade, visto que o leite materno contem todos os nutrientes que a criança precisa para um adequado crescimento e desenvolvimento durante esta fase da vida.

Fontes: mdemulher.abrilmagicasdemaeRecomendações para alimentação complementar da criança em aleitamento materno. ; Baby Center Brasil,  Grupos de Amamentação no Facebook (comentários de mães) e propaganut.

Cuidados com bebê recém-nascido


------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Estilista, empreendedora e mãe de 2 crianças lindas, idealizei o blog em 2013 quando senti dificuldades de informações e temas variados em um único site. Hoje o blog virou revista, interagindo com a movimentação de informações e dicas pesquisadas com carinho para passar para minhas seguidoras.

2 Comments

  • Thayna Martins

    Amei esse post! Porém existe sim mães que não fazem a menor questão de amamentar, e falam isso com maior tranquilidade,sei porque convivo com uma porém não fico criticando, cada uma faz o que quer , mas que é horrível ver a situação é sim, quem sabe da importância do leite materno e simplesmente não fazer questão? Sério isso? Nossa, é de partir o coração… Eu vou ser mãe e sonho com amamentação , sei que não é fácil , dói, machuca, mas vou fazer que nem vc não vou desistir !! Se Deus permitir! Eu irei conseguir amamentar meu baby !!! É um sonho! Parabéns pelo post …

  • Rosi

    amei esse post!! Pois senti na pele algumas dessas perguntas más.. digo más pq a pessoa não sabe o que se passou e passa a julgar e a perguntar como se a mãe fosse uma criminosa! Eu amamentei meu primeiro filho, foi ótimo e realmente um momento único, mas minha segunda filha não pude.. e não por preguiça, falta de tentativas, mas sim pelo fato dela ter nascido com fissura palatina completa, ( fissura no céu da boca), dessa forma ela não conseguiu sugar, por dois meses consegui extrair meu leite, mas depois não deu mais.. e sério, ter que toda a vez que ser questionada por preparar uma mamadeira ( que é mais cansativo e sem preguiça alguma) e contar a história da minha filha foi de uma maldade mto grande… falta empatia, amor e menos julgamentos, sabemos que há casos de vaidade, mas mesmo assim é preciso respeitar!! Obrigada pelo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *