Sem categoria

10 significados de nomes para ajudar você a escolher do seu bebê

------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  • 16
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    17
    Shares

Olha que lindo, você descobriu o sexo do bebê e essa fase é uma delícia, aquele momento que você começa pensar nos detalhes do enxoval, a decoração do quarto e o principal o nome que você vai dar para seu herdeiro(a).

Muitas pessoas escolhem os nomes dos seus filhos logo quando casa, ou só quando pega o teste positivo de gravidez, outras só decidem na hora de registrar. Para ajudar você a decidir, separei 10 significados de nomes para ajudar você a escolher do seu bebê.

Essa é a primeira parte do post, porque como são muitos nomes, vou fazer outros posts relacionados. ok!

alice

Alice: Significa “de qualidade nobre”, “de linhagem nobre”.

O nome Alice tem origem nas versões francesas Adaliz, Alesia, Aliz, utilizadas como diminutivo de Adelaide, nome originado no germânico Adelheid, composto pelos elementos adal, que quer dizer “nobre” e haidu, que significa “espécie”, “tipo”, “qualidade”.

Trata-se de um bonito nome predominantemente feminino que reflete atributos de excelência, cujas meninas com ele registradas podem ser afetivamente chamadas de “Licinha”.

O nome foi popularizado por volta do século XII na França e na Inglaterra, principalmente por influência dos romances da época, através das variantes latinizadas Alesia e Alicia.

Perdeu sua popularidade por volta do século XVII, por ter sido associado a uma vida rústica, passando a ser considerado um nome antiquado. Foi reavivado no século XIX pela personagem do livro “Alice no País das Maravilhas”, do romancista britânico Charles Lutwidge Dodgson, mais conhecido pelo pseudônimo Lewis Carrol.

A obra foi publicada em 1865 e conta a história de uma menina que é transportada para um mundo lúdico e repleto de enigmas. Lewis Carrol também era matemático e as charadas presentes no enredo do livro contribuíram para sua popularidade.

A origem do nome Alice pode ser vista associada erroneamente ao termo grego alethia, que quer dizer “a verdadeira”, mas deve ser desconsiderado. Algumas fontes ainda afirmam que tenha surgido como um anagrama de Célia, outra sugestão que também deve ser descartada.

São suas variantes Alicia e Alizia, em espanhol e em italiano.

benjamim

Benjamin: Significa “filho do lado direito”, “filho da felicidade”, “o bem-amado”.

Tem origem no hebraico Ben-iamin, Bin-yamín, elementos que significam ben, “filho” e yamin, “mão direita”, de cuja junção resulta “filho do lado direito”, por extensão, “o bem-amado”.

Ainda hoje, mas especialmente em tempos remotos, o lado direito carrega um sentido positivo, ao contrário do lado esquerdo, negativo, de modo que estamos diante de um bonito nome predominantemente masculino.

Conforme consta no Antigo Testamento da Escritura Sagrada, Benjamin é o nome do filho mais novo de Jacob e Raquel, a qual faleceu ao dar-lhe a luz. Diz-se, porém, que antes de morrer, Raquel chamou o seu filho de Ben-Oni, que significa “filho da minha dor”, sendo, todavia, alterado pelo pai para “o filho da direita”, no sentido de lugar selecionado, destinado a alguém a quem se deseja o bem.

A derivação mais comum desse bonito nome masculino é Benjamim (com “M” no final) e, embora não muito comum no Brasil, sua versão feminina é Benjamine.

Ben e Benjie são os apelidos mais utilizados para chamar afetivamente pessoas registadas com o nome de Benjamin.

Benjamin Franklin (1706-1790) – norte-americano jornalista, inventor, cientista e, entre outros, um dos líderes da Revolução Americana – é a personalidade histórica mais conhecida com esse nome.

bruna

Bruna: Significa “morena”, “bronzeada”, “marrom”; “da cor do fogo”.

O nome Bruna tem origem germânica ou nórdica. Surge a partir da palavra brun, que literalmente significa “marrom, moreno” e, possivelmente, do nórdico brun, que significa “da cor do fogo”.

Acredita-se que inicialmente este nome tenha sido usado para nomear pessoas com a pele, os olhos ou os cabelos castanhos. A variante Brunette, por exemplo, era frequentemente utilizada pelos ingleses para designar as meninas com cabelos ou olhos escuros.

Trata-se, sem dúvida, de um bonito nome predominantemente feminino, popular no nosso país, e que chegou à língua portuguesa através do italiano Bruna.

A forma masculina Bruno surgiu na Inglaterra no século X, com São Bruno de Colônia, um monge alemão vivido entre 1030 e 1101, famoso por ter fundado a Ordem dos Cartuxos durante o século XI. São Bruno foi um homem muito inteligente e até hoje é considerado um dos maiores teólogos do seu tempo. É, ainda, conhecido por ter sido professor do papa Urbano II.

O nome Bruno foi também difundido como sobrenome, através do filósofo italiano, vivido entre os anos de 1548 e 1600, Giordano Bruno, um dos primeiros pensadores a apoiar a teoria do heliocentrismo, que posiciona o Sol como o centro do Universo.

eduardo

Eduardo: Significa “guardião das riquezas”, “protetor das riquezas” ou “guardião rico”.

Tem origem no nome germânico Hadaward, composto pela junção dos elementos ead que significa “rico, próspero” e weard, ward que quer dizer “guarda, guardião”.

Assim, as pessoas com esse nome são pessoas que têm tendência para as artes, são pessoas com grandes qualidades, talentosas e que guardam, por isso, uma importante riqueza que é o seu talento.

É um nome predominantemente masculino, mas também utilizado por meninas na forma Eduarda e é especialmente encontrado nas línguas inglesa, portuguesa e espanhola.

Santo Eduardo foi um rei admirado por todos, inclusive pelos seus inimigos. Coroado em 1042 na Inglaterra, se destacou pelos exemplos de paz e de bondade. Após a sua morte passou a ser venerado como santo, além de considerado o maior exemplo de um rei cristão. Assim, foi canonizado no século XII e se tornou um dos patronos da Inglaterra.

A forma antiga Eadweard deu origem a versão inglesa Edward, que provavelmente influenciou a variante em português. No Brasil, quem recebe esse nome pode carinhosamente ser chamado de Dado, Edu, Dudu (ou Duda).

Foi encontrado na Inglaterra pela primeira vez no século IX e desde então foi muito popular como um nome real. Edward foi um dos poucos nomes saxões que resistiram à conquista normanda, tornando-se um dos antigos nomes ingleses mais populares entre a Europa.

Entre pintores, ensaístas e dramaturgos destaca-se o Prémio Nobel da Medicina de 1950, o norte-americano Edward Kendall.

Foi um nome muito utilizado pelos judeus para substituir Efraim, por começar com a mesma letra. Na Irlanda, onde também foi muito comum entre reis e príncipes, foi adotado incorretamente para substituir o nativo Eamon.

filipa

Filipa: Significa “a amiga dos cavalos” e é a variante feminina do nome Filipe ou Felipe.

A origem do nome Filipa é o grego Phílippos, que junta as palavras phílos, que quer dizer “amigo”, e híppos, que quer dizer “cavalo”. Por esse motivo, algumas pessoas também atribuem ao nome Filipa o significado de “aquela que ama a guerra”.

Leia mais:  10 coisas estranhas que acontecem na gravidez e que são normais

Aliás, a versão do original em masculino (Filipe) é um nome bíblico mencionado no Novo Testamento, no livro de João, como um dos doze apóstolos de Jesus. No início foi bastante utilizado pelos cristãos do Oriente, chegando ao Ocidente durante a Idade Média.

Filipa foi o nome de algumas rainhas, como Filipa de Lencastre, rainha de Portugal, e Filipa de Inglaterra, rainha da Inglaterra, Dinamarca, Noruega e Suécia.

A forma Filipa é muito popular em Portugal, onde quase não se usa a versão Felipa, muito mais comum no Brasil.

O nome passa por variações na grafia, de acordo com o país. Nos países de língua inglesa, por exemplo, Filipa se escreve na forma de Philippa.

Atualmente, Philippa Middleton (ou Pippa Middleton), irmã de Kate Middleton (princesa inglesa e Duquesa de Cambridge), é uma das pessoas mais famosas com esse nome.

joaquim

Joaquim: Significa “Jeová estabeleceu” ou “Deus estabeleceu”.

Joaquim é um nome de origem hebraica. Surge de Jehoiachim e seu significado, “Jeová estabeleceu” ou “Deus estabeleceu”, resulta da união dos elementos Yahweh, que significa “Jeová”, “Deus”, e quwm que quer dizer “estabelecer”.

Na Bíblia, este foi o nome de um dos reis de Judá, conhecido por ter sido levado pelo rei Nabucodonosor para o cativeiro na Babilônia.

Este nome é associado também ao pai da Virgem Maria. Segundo alguns teólogos, é mencionado em um Evangelho primitivo como Eli ou Heli, formas encurtadas da variante hebraica Eliaquim.

Não há comprovação de tal fato, mas a partir da tradição medieval, São Joaquim é considerado o avô de Jesus Cristo, além de ser venerado como o padroeiro dos avôs.

A primeira versão em português deste nome surgiu em Portugal por volta do século XVIII. Na Inglaterra, surgiu seis séculos antes como Joachim.

Ainda hoje é um nome muito comum na Alemanha, Rússia, Itália e Espanha, assim como em Portugal e no Brasil.

As pessoas batizadas com este nome recebem apelidos carinhosos de familiares e amigos como Joca, Jô ou Quim, por exemplo.

Uma das personalidades de maior destaque no Brasil com este nome é Joaquim Nabuco (1849-1910). Este foi um diplomata, político, jurista e jornalista brasileiro imortalizado na história como um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras.

lais

Laís: Significa “local com leões”; “a democrática”, “a popular”, “mulher que tem popularidade”.

O nome Laís vem do hebraico Laith ou Laish (que pode ser traduzido como “leoa”) e chegou ao português através do latim Laidis.

Laís é o nome antigo de Dan, uma cidade cananéia do norte da Palestina, nos tempos modernos chamada de Tell-el-Kadi.

A antiga cidade, que também era chamada de Lesem, foi destruída pelos danitas, que depois reconstruíram-na sob o nome de Dan.

A bíblia sagrada cristã faz referência à cidade em um de seus textos: “Então foram-se aqueles cinco homens, e chegaram a Laís; e viram que o povo que havia no meio dela estava seguro (…)” – Juízes 18:7.

O nome Laís também possui um significado distinto, que se originou a partir grego, significando “a democrática” ou “a popular”, “mulher que tem popularidade”.

Uma das personalidades históricas mais populares com este nome é Laís de Corinto. Laís foi uma famosa hetera (cortesã e acompanhante feminina culta) que viveu na Antiga Grécia e que teria habitado a cidade de Corinto.

Laís de Corinto era considerada a mulher mais bela de sua época.

Beleza e simplicidade são características fortes do nome Laís, fazendo com que seja bastante apreciado, principalmente entre os brasileiros.

As principais variantes desse nome são Laíde, Laísa e Laidis.

marco

Marco: Significa “relativo a Marte” ou “dedicado a Marte”.

O nome Marco vem do nome em latim Marcus, e tem o mesmo significado que Marcos e Márcio, que é “relativo a Marte”, ou “dedicado a Marte”, o deus romano da guerra.

“Guerreiro” ou “marcial” são outros dos significados possíveis para esse nome, por estar associado ao deus Marte.

melissa

Melissa: Significa “abelha”.

Melissa tem origem no grego Melissa. Derivado da palavra mélissa, chegou até a nós através do latim Melissa, que quer dizer literalmente “abelha”.

O nome nasceu na mitologia grega, através de uma ninfa que cuidou e amamentou Zeus quando criança.

De acordo com a lenda, Melissa foi levada ao sacrifício pelos seus pais aos deuses, e teve o seu corpo transformado em abelhas.

Foi utilizado como um nome inglês pela primeira vez no século XVI. Dava nome a uma fada no poema épico “Orlando Furioso” de Ludovico Ariosto, publicado em 1516.

Sua popularidade inicialmente foi influenciada no século XVIII pela associação do nome com a fada boa. Assim, chegou a ser adotado por vários membros de famílias aristocratas de muito influência na Grã-Bretanha.

Melissa possui a mesma raiz etimológica que o nome Débora. Ambos carregam a simbologia da abelha, a qual representa a alma e a sabedoria, entre outros.

No Brasil, Melissa é um nome predominantemente feminino e bastante popular, assim como as suas variantes Melyssa ou Mellissa.

As pessoas que são batizadas com este nome, normalmente, recebem apelidos carinhosos de amigos e familiares, como Mel, Meli ou Lissa, por exemplo.

Melissa officinalis é o nome científico de uma planta medicinal muito conhecida dos brasileiros, a erva-cidreira.

victor

Vitor: Significa “vencedor”, “vitorioso” ou “conquistador”.

O nome Vitor tem origem no latim Victor, que significa literalmente “vitorioso”, sendo este a variante em português de Victor. Encontrado na Inglaterra por volta de 1200, a versão Victor é utilizada também na língua portuguesa.

Muito comum entre os primeiros cristãos, já deu nome a vários santos e ficou mais conhecido através do escritor francês Victor Hugo, autor de “O Corcunda de Notre Dame” e “Os Miseráveis”.

A relação que o nome possui com os primeiros cristãos se dá em razão dos relatos de que Jesus Cristo também era chamado de Christus Victor, uma referência a sua vitória sobre o pecado e a morte.

Uma personalidade histórica de destaque com este nome foi Vitor Emanuel II da Itália, conhecido por ser o primeiro rei de Itália e rei da Sardenha, após a unificação do país, em 1820.

O nome Vitória é considerada a versão feminina de Vitor, sendo que ambos possuem o mesmo significado na língua portuguesa.

Trata-se, sem dúvida, de um bonito nome predominantemente masculino, bastante comum não só no Brasil, como em Portugal, Espanha, França e diversos países de língua inglesa. Este nome também pode aparecer em formas compostas, como João Vitor ou Vitor Hugo.

As fotos e o trabalho lindo, é da Achei o que eu queria que você encontra aqui.

Fonte: Dicionário dos nomes próprios

Cuidados com bebê recém-nascido


------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  • 16
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    17
    Shares

Estilista, empreendedora e mãe de 2 crianças lindas, idealizei o blog em 2013 quando senti dificuldades de informações e temas variados em um único site. Hoje o blog virou revista, interagindo com a movimentação de informações e dicas pesquisadas com carinho para passar para minhas seguidoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *