7 dicas para fazer a criança dormir no quarto dela sozinha

Por Patrícia Azevedo em 24/05/2018 -

7 dicas para fazer a criança dormir no quarto dela sozinha.

bebe-dormindo

Foto: Google Imagem

A gente sabe que fazer com que o nosso filho durma sozinho em seu quarto não é uma tarefa fácil. Podem ocorrer cenas de choro e manha que tornam a hora de dormir muito estressante. Por isso, selecionamos 7 dicas da revista norte-americana “Parents” que vão te ajudar nesse momento.

1. Elimine distrações

Remova televisões, computadores e outros aparelhos eletrônicos do quarto do seu filho para criar um ambiente que o induza ao sono. “O estímulo associado ao ato de assistir a TV ou jogar video games e a luz do computador e da tela criam empecilhos no caminho para o sono,” diz Judith Owens, co-atora do livro ‘Assumindo o controle do sono de seus filhos” (em tradução livre).

“Certamente, uma luz fraca, é aceitável para as crianças que precisam delas.”

2. Estabeleça uma rotina de ir para cama

Tomar um banho morno, colocar pijama, escovar os dentes e ler uma boa história são hábitos regulares que ajudam a deixar os pequenos mais seguros sobre o fato de estarem indo para a cama. Essa previsibilidade “prepara as crianças psicologicamente e reduz a ansiedade noturna,” diz Judith.

“Isso diminui os níveis de estresse e cria uma série de etapas para que a criança consiga antecipar e saiba lidar com a hora de dormir.”

3. Diminua a sua presença em cena

Deixe o quarto antes do seu filho dormir para que ele “não dependa da presença dos pais no ambiente,” afirma Judith. Se você permanece no quarto, não deite na cama ou interaja com ele. Mantenha distância da cama todas as noites enquanto ele cai no sono para, gradualmente, reduzir a dependência dele em você.

logo
carrinho pijama mala fabula

 

4. Estabeleça um senso de segurança

O pensamento de um monstro escondido debaixo da cama pode deixar o seu filho com os olhos bem arregalados em um momento em que eles deveriam estar bem fechados. Facilite a transição do acordar para o dormir – e acalme os medos dele com assuntos reconfortantes como animais de pelúcia, cobertores… “Faça com que haja um outro foco para esse momento, tranquilizando o seu filho,” afirma Judith.

5. Seja consistente

Se o seu filho aparece na sua cama no meio da noite, acompanhe-o de volta ao seu quarto sem muita interação. Simplesmente diga: “você precisa ficar na sua cama.” É importante ser firme sobre o retorno do seu filho em sua respectiva cama toda vez que isso acontece. Se você não faz isso, ensinará que a persistência dele é o caminho certo.

LEIA TAMBÉM: GINECOLOGISTA E OBSTETRA DÁ SUGESTÕES PARA AS MAMÃES DE PRIMEIRA VIAGEM

6. Repare os bons comportamentos

E ignore comportamentos indesejáveis como o choro. Depois de uma boa noite de sono, deixe o seu pequeno escolher algum item do café da manhã ou colocar o acessório que desejar na manhã seguinte. “Isso os ajuda a associar o bom comportamento a algo bom como consequência.

7. Espere para verificar se a criança dormiu

Muitos pais preferem colocar o seu filho na cama e dizem que vão voltar para checar depois. Mantenha a sua promessa, mas espere por intervalos de tempo sucessivamente mais longos. A ideia é de que ele durma durante um desses intervalos. Judith sugere que começar com 5 a 10 minutos de espera. Se você voltar em menos de 5 minutos, ele provavelmente estará acordado. Ao te ver, dificilmente vai querer ficar no quarto sozinho.

Fonte: Revista Pais & Filhos


1 Comentário

  1. La bella disse:

    Super concordo com as dicas!

Deixe o seu comentário!




Posts mais lidos

gravidez

10 cremes para evitar estrias na gestação e dicas de cuidados

Veja agora os cuidados que você deve ter na gestação e dicas de cremes para estrias.

71 Pessoas gostaram
Foto do Benjamin

Inspiração: Idéias de fotos para registrar os meses do bebê.

Veja agora idéias para registrar todos os meses do seu bebê até 1 ano de idade.

58 Pessoas gostaram
Ensaio de gestante

Dores na Gravidez – O Que é Normal?

Dores na gravidez é uma consequência inevitável! Mas que dores são normais e quais dores não são normais na gravidez? Veja Agora!

353 Pessoas gostaram

INSTAGRAM @GRAVIDASEANTENADAS