Destaque,  Dicas para mães

Veja os cuidados que as grávidas precisam ter na hora de andar de avião

------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    7
    Shares

Foto: Vix

Todos os tipos de companhias aéreas permitem a viagem de mulheres grávidas. No entanto, existem diferenças de acordo com o tempo de gravidez da gestante.

Lembre-se: toda mulher grávida deve consultar o médico antes do voo e, depois do sétimo mês de gestação, a gestante precisa solicitar atestado médico permitindo a viagem.

É importante que a mulher grávida informe ao médico sobre situações de aborto prévio, sangramentos, diabete, pressão alta ou parto prematuro prévio.

A passageira grávida não pode se esquecer de levar seus documentos pessoais, o atestado médico da gestante e o cartão pré-natal para o embarque. No aeroporto, será solicitada a assinatura de um termo de responsabilidade pela passageira grávida.

No nono mês de gravidez, é exigido o acompanhamento de um médico. Durante o voo, a gestante deve cuidar para não permanecer na mesma posição, principalmente em viagens longas, e se hidratar sempre que possível, já que o ar dentro do avião é seco. Também, é fundamental que a gestante leve consigo remédios que possam ser necessários.

Cada companhia aérea tem suas especificidades, e é indispensável avisar da condição de gestante durante a compra de passagem aérea.

Estou grávida, posso viajar?

Até 27 semanas (para gravidez simples) ou 25 semanas (no caso de gêmeos): não é necessário apresentar nenhum atestado médico para viajar.

Leia mais:  Quando correr com a criança para um pronto socorro?

De 28 a 35 semanas (para gravidez simples) ou de 26 a 31 semanas (no caso de gêmeos), a gestante deverá preencher a Declaração de Responsabilidade, fornecida pela companhia aérea.

Do início da 36ª semana até o término da 37ª semana (para gravidez simples) ou início da 32ª semana até o término da 37ª semana (no caso de gêmeos), a gestante deverá apresentar atestado médico assinado com validade de 30 dias.

A partir de 38 semanas (para ambos os tipos de gravidez), é permitido o embarque da cliente gestante apenas em situação de extrema necessidade e acompanhada por um médico obstetra.

Fonte: www.edestinos.com.br


------------ Espalhe amor #compartilhe ------------
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    7
    Shares

Estilista, empreendedora e mãe de 2 crianças lindas, idealizei o blog em 2013 quando senti dificuldades de informações e temas variados em um único site. Hoje o blog virou revista, interagindo com a movimentação de informações e dicas pesquisadas com carinho para passar para minhas seguidoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *