• Patricia Azevedo

10 FATOS CURIOSOS SOBRE O RECÉM-NASCIDO

10 fatos curiosos sobre o recém-nascido - Choram sem lágrimas, nascem inchados, dormem 16 horas por dia... Veja essas e outras características comuns aos bebês que acabaram de chegar ao mundo!


Tornar-se mãe é uma das coisas mais especiais na vida, mas a verdade é que quando um bebê sai da sua barriga pela primeira vez, milhões de dúvidas chegam com ele. Nada mais normal, pois tudo ainda é novidade e esses pequenos têm características bem específicas a essa fase da vida – algumas tão curiosas, que despertam mesmo a atenção. Veja 10 fatos sobre o seu filhote e entenda por que eles acontecem!


1. Lágrimas de crocodilo

Sabe aquela imagem do recém-nascido esperneando, mas sem uma mísera lágrima escorrendo pelo seu rostinho? Ela é normal e acontece porque logo após o nascimento é comum que o bebê ainda não produza lágrimas. Não se sabe ao certo o exato motivo dessa condição, mas acredita-se que seja porque os ductos lacrimais dos pequenos ainda não estejam abertos. O fato é que, durante os primeiros meses de vida, o bebê ainda não tem necessidade de umidificar tanto os olhos, mas isso muda com o passar do tempo.


2. Descamando


Se você é mãe de primeira viagem, talvez se assuste um pouco com a descamação da pele do seu pequeno. Pois saiba que isso é comum! As “caspinhas” são causadas pela chamada dermatite seborreica, responsável por formar uma espécie de crosta na cabeça – ou até mesmo nos ouvidos e ao redor do nariz. Ela pode ser removida com ajuda de um óleo antes do banho e de uma massagem bem suave. Para tratá-la, também é bom evitar o uso de gorros ou de cremes na região. Vale lembrar que essa condição não está relacionada ao vérnix caseoso, aquela substância branca e oleosa que reveste a pele do recém-nascido e que ajuda na sua adaptação ao novo ambiente após deixar o útero materno.


3. Vesguinhos


“Será que meu filho é estrábico?”. Quantas vezes você já ouviu mães se perguntando isso durante as primeiras semanas de vida de seus pequenos? Esse questionamento surge com frequência, já que os recém-nascidos costumam mesmo ficar vesguinhos ocasionalmente. Isso acontece porque eles ainda estão “treinando” os músculos responsáveis pelos olhos, ou seja, é só parte do charme do seu filhote. Entretanto, se for uma constante, a questão deve demandar mais atenção.


4. Inchaço

Logo depois do parto e ainda durante os primeiros dias de vida do bebê, é normal perceber que ele vai “desinchando” aos poucos. Isso porque é comum que ele saia do útero com algumas partes do corpo inchadas, como o rosto (principalmente os olhos) e também os órgãos genitais – esses, devido às doses de hormônio feminino que ele recebe antes do parto.


5. Visão curta

Sabe aquela história de que o recém-nascido só tem olhos para a mamãe? Pois ela não é um exagero. Durante as primeiras semanas de vida, os bebês ainda têm a visão muito limitada e imprecisa e é por isso que o rosto da mãe – que o amamenta tantas vezes por dia, segurando-o bem pertinho – é a coisa mais interessante de todas! Nessa fase, eles só enxergam a uma distância de mais ou menos 30 cm e ainda não distinguem as cores muito bem.


6. Bolinhas na pele


Recém-nascidos dormem muito. MUITO. São, em média, 16 horas por dia entregues ao sono. Claro que isso tudo é bem dividido – principalmente ao longo da noite, quando eles acordam diversas vezes para mamar. E se você acabou de ter um bebê e sonha com o dia em que dormirá a metade disso, não fique com inveja: o sono é importantíssimo para o desenvolvimento do bebê! É enquanto dorme que o hormônio do crescimento é liberado, por exemplo, bem como substâncias que regulam o apetite e proteínas importantes para a ativação dos linfócitos, que compõem o sistema imunológico


7. Só dormem


Recém-nascidos dormem muito. MUITO. São, em média, 16 horas por dia entregues ao sono. Claro que isso tudo é bem dividido – principalmente ao longo da noite, quando eles acordam diversas vezes para mamar. E se você acabou de ter um bebê e sonha com o dia em que dormirá a metade disso, não fique com inveja: o sono é importantíssimo para o desenvolvimento do bebê! É enquanto dorme que o hormônio do crescimento é liberado, por exemplo, bem como substâncias que regulam o apetite e proteínas importantes para a ativação dos linfócitos, que compõem o sistema imunológico.


8. Mecônio

Se você nunca cuidou de um recém-nascido na vida, talvez o mecônio seja uma surpresa. Ele é o primeiro cocô do bebê e tem uma aparência que pode assustar, mas que é completamente normal: ele apresenta uma cor bem escura (quase preta) e uma consistên