• Patricia Azevedo

AMAMENTAÇÃO: CONHECENDO MELHOR O LEITE MATERNO

O leite materno continua sendo o melhor e único alimento necessário para o bebê.


Nos primeiros meses de aleitamento materno exclusivo, é normal o bebê ser mais gordinho. Perto dos quatro ou cinco meses, a tendência é continuar ganhando peso, agora mais lentamente. Mas o ganho de saúde e amor que a amamentação traz continua aumentando cada vez mais!


O leite materno é tão apropriado para o bebê que por volta do quinto mês ele fica menos doce para facilitar que, no sexto mês, possam ser introduzidos os novos alimentos de que o bebê precisa.


Neste post vou falar brevemente dos três tipos de leite materno que você produzirá durante o período de amamentação e os benefícios do aleitamento materno para você e para o bebê.


Foto: Kalarath.com



Os três tipos de leite são:


Colostro: é o primeiro leite que o bebê mama. Chega a durar 12 dias, é espesso, de cor clara ou amarelada, e é importante para o recém-nascido porque contém uma grande quantidade de anticorpos que reforçam as defesas do bebê.

Leite de transição: é a passagem entre o colostro e o leite maduro. Nesta fase, a quantidade de calorias aumenta.

Leite maduro: é o leite que tem os componentes na proporção exata para o bebê e sua produção se estenderá até o final do período de aleitamento. Numa mamada de leite maduro, o primeiro terço constitui o assim chamado leite anterior, mais rico em água. Os dois terços restantes formam o leite posterior, mais gorduroso. Por isso, é importante que o bebê esvazie ao menosuma das mamas a cada mamada. Apesar de todas as suas vantagens, muitos ainda desvalorizam os benefícios do leite materno. Por esse motivo, destacamos a seguir os mais importantes para o seu bebê e para você.

Desnutrição infantil Crianças que apresentam crescimento deficiente, perda de peso ou estão sempre com alguma doença infecciosa, como diarreia e doenças respiratórias, podem estar ficando desnutridas e precisam de muita atenção e cuidados.Benefícios do aleitamento para o bebê

  • É um alimento mais adequado do ponto de vista nutricional;

  • Fornece anticorpos;

  • É de fácil digestão;

  • Passa da mãe direto para o bebê, o que evita sua contaminação;

  • Diminui a possibilidade de surgirem problemas alérgicos e respiratórios;

  • A probabilidade de ocorrerem diarréias é menor do que com o uso de outros leites;

  • Tem papel fundamental no desenvolvimento da arcada dentária.

Benefícios para a mãe

  • Favorece a perda de peso;

  • Favorece a volta do útero ao tamanho original, com redução da perda de sangue;

  • Diminui as chances de ocorrência do câncer de mama.

Tanto para você quanto para o seu bebê, a amamentação é um momento de contato íntimo, que fortalece o vínculo entre vocês.   Fontes: www.pastoraldacrianca.org.br e Cartilha Mamãe e Bebê da Maternidade São Luiz.


  • Pinterest - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2019 Grávidas e Antenadas - Desenvolvido por PaAz Marketing Digital Express 11-99269 0363