• Patricia Azevedo

BENEFÍCIOS DA HIDROGINÁSTICA NA GESTAÇÃO

No período da gravidez o organismo apresenta várias modificações anatômicas e a parede abdominal é a primeira a sentir essas modificações, deslocando o centro de gravidade, sujeitando as grávidas à lordose lombar, à medida que a barriga aumenta.


Foto: Amaral Natação


A cintura pélvica aumenta 60% sua mobilidade devido à relaxinas, o quadril aumenta também o seu tamanho para ampliar o espaço a abrigar o bebê. O diafragma é comprimido devido ao maior volume uterino, dificultando-lhe a respiração, o estômago tem eixo alterado para a horizontal, dificultando a digestão, as glândulas mamárias têm seu volume aumentado, solicitando mais músculos dorsais e peitorais.


Mulheres que se exercitam antes da gravidez e que continuam a faze-lo durante a gestação tendem a ganhar menos peso, além de dar à luz bebês mais saudáveis, e suportar melhor as exigências físicas do parto natural.


A atividade cardiovascular durante a gestação é mais alta do que no período não gestacional, porém a prática regular de exercícios físicos reduz essa demanda cardiovascular levando a diminuição da frequência cardíaca e da pressão arterial, aumenta o volume de sangue circulante, a capacidade de oxigenação e reduz a incidência de diabetes gestacional (condições que afeta 5% das gestantes), além disso, a atividade física pode contribuir para manter os níveis glicêmicos normais nessa fase.


Por meio da pratica da hidroginástica a gestante poderá diminuir as diversas dores de origem musculoesquelética, em razão do fortalecimento de músculos fracos e encurtados, levando a adoção de uma postura corporal mais adequada, contribuindo para o aumento do gasto energético, sendo coadjuvante no controle do peso corporal, evitando uma maior sobre carga articular em virtude de um peso excessivo.


Os benefícios de um programa regular de atividade física durante a gestação se aplicam também a esfera emocional, aumentando sua autoconfiança e autoestima, além de proporcionar a sensação de bem-estar em virtude da elevação da produção de neurotransmissores como a serotonina e beta-endorfina. Alguns estudos sugerem ainda que a prática de exercícios físicos durante a gravidez exerce proteção contra a depressão puerperal.


Além da hidroginástica, deve-se associar a Drenagem Linfática Manual (DLM) que na gestante tem ação descongestionante, removendo as toxinas do metabolismo e fortalecendo o sistema imunológico. Favorece o retorno da linfa para à corrente sanguínea, ativando a circulação e reduzindo o edema. Desta forma, induz o relaxamento psíquico e à sensação de bem-estar e conforto, promovendo emoções positivas ao bebê.


A técnica da DLM deve ser realizada por um Fisioterapeuta capacitado, com conhecimento da anatomia e fisiologia do sistema linfático, visto que, existem contra-indicações.


Fonte: http://www.biossaude.com.br/


1 visualização
  • Pinterest - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Grávidas e Antenadas - Patrícia Azevedo CPF 258835688-58 - Rua Severino Vilar Filho, 218 - São Paulo/SP Cep 05127-110

Whatsapp 11-99269 0363 - Horário de atendimento Seg. à Sábado das 9 até 18h

Prazo de Despacho de 1 dia útil e prazos de acordo com a localização.

Políticas de Entregas e Devoluções

© 2019 Grávidas e Antenadas - Desenvolvido por Digital Expresso